TDec Redes de Computadores

TDec vai integrar matriz da Liberty Seguros a 75 filiais

Opção por Telefonia IP busca reduzir custos e agilizar atendimento a mais de um milhão de clientes no país

São Paulo, 23 de agosto de 2010 – Com faturamento registrado em R$ 1,5 bilhão em 2009 e entre as principais seguradoras do mercado brasileiro, a Liberty Seguros, empresa do grupo norte-americano Liberty Mutual, acaba de fechar um novo contrato com a TDec Network.  O negócio prevê a expansão da rede de dados existente, preparando a infraestrutura tecnológica da seguradora para suportar as tecnologias VoIP (Voice over Internet Protocol) e ToIP (Telephony over Internet Protocol) e integrar a matriz da empresa em São Paulo às suas 75 filiais espalhadas por todo o Brasil.

A Liberty atende a mais de um milhão de segurados no país e quer agilizar o atendimento por 12 mil corretores credenciados ativos e 1500 funcionários. “Precisamos melhorar a disponibilidade dos serviços, agregando funcionalidades de gerenciamento e segurança com total interoperabilidade à rede já existente”, diz Emerson Cardoso, gerente de infraestrutura de TI, da Liberty Seguros.

Para garantir as exigências do projeto, que levou em consideração também a redução de custos e o retorno sobre o investimento (ROI), a TDec orientou a Liberty a adotar as tecnologias da HP Networking. O processo culminou com a aquisição de 54 switches da marca para interligar as filiais com a matriz, provendo autenticação 802.1X, uplinks de 1Gbps e padrão Power Over Ethernet (POE).

“A Telefonia IP tem um conceito bem mais amplo que carregar voz convencional sobre internet. Ela agrega mobilidade, flexibilidade e otimização de toda a infraestrutura de TI com novos serviços à rede já existente, como discagem direta a ramal, voice mail, secretária eletrônica, siga-me, conferência, vídeo conferência, entre muitos outros”, explica José Tavora da Castro Jr, presidente da TDec Network.

A implantação dos equipamentos deverá ser concluída em 60 dias e a nova rede deverá também prover menor taxa de geração de calor.  “Hoje, além de atender os usuários com agilidade e segurança, temos que levar em consideração o impacto tecnológico sobre o Meio Ambiente. Reduzir o consumo de energia é uma alternativa econômica e muito importante neste contexto”, conclui Cardoso.